produtos forever - a base de aloe vera mais saúde em sua mesa. visite no endereço:

http://www.toni-forever.blogspot.com

segunda-feira, 8 de março de 2010

BEBÊS "MIRACULOSOS"

◆ Mães tanto na Inglaterra como na Nova Zelândia recentemente deram à luz depois de terem sido “esterilizadas”.

A Sra. AIison Trott, de Somerset, Inglaterra, concebeu seu bebê 11 meses depois de ter feito sua histerectomia. Ela ficou sabendo de sua gravidez apenas duas semanas antes de dar à luz. Antes disso, crendo que a gravidez era “algo fora de cogitação” como motivo para seu aumento de peso, ela estava fazendo um, regime e exercícios de forma desesperada. Em explicação, o seu ginecologista disse que havia removido apenas a metade do útero dela porque a outra metade jamais se havia desenvolvido. “O que aconteceu foi que o bebê desenvolveu-se num prolongamento do que teria sido o outro lado do seu útero, caso se tivesse desenvolvido”, disse ele. “Não só o óvulo se implantou ali, mas cresceu a pleno termo, estimulando o prolongamento, ou porção de útero embriônico, a crescer e sustentado.”

Igualmente incomum foi o caso da Sra. Margaret Martin, de Auckland, Nova Zelândia. Na ocasião de sua histerectomia, aparentemente já havia um óvulo fecundado “em sua jornada de cinco dias do ovário para o útero”, veicula o New Zealand Herald, e ele “provavelmente caiu da trompa de Falópio na cavidade abdominal durante a operação. Removido o útero, o óvulo se apegou ao intestino e órgãos internos vizinhos, obtendo nutrição da reserva sangüínea dos intestinos”. A Sra. Martin não ficou sabendo de sua gravidez senão 11 semanas antes de dar à luz. “Eu me sentia bem estranha e nauseada por algum tempo”, disse ela. “Mas não pensei nem por um minuto sequer que estava grávida.”

Nenhum comentário: