produtos forever - a base de aloe vera mais saúde em sua mesa. visite no endereço:

http://www.toni-forever.blogspot.com

terça-feira, 29 de junho de 2010

Motoristas ligados no piloto automático


Motoristas que fazem o mesmo caminho todo dia, em geral dirigem sem usar a parte do cérebro responsável pelo raciocínio consciente, diz o especialista em trânsito Michael Schreckenberg, da Universidade Duisburg-Essen, Alemanha. Em trajetos rotineiros, em vez de se concentrar no trânsito, os motoristas acabam se distraindo com outras coisas. Com isso, eles demoram mais a perceber os perigos. Schreckenberg incentiva esses motoristas a fazer um esforço consciente para ficar alertas e não se distrair no caminho.

Estresse durante a gravidez


Segundo uma pesquisa recente, o estresse que uma mulher grávida passa ao brigar com o parceiro ou ser agredida por ele pode prejudicar o desenvolvimento mental do feto. A professora universitária Vivette Glover, do Imperial College, em Londres, diz: “Constatamos que, quando a mulher sofre abuso emocional do parceiro durante a gravidez, o desenvolvimento futuro do bebê fica comprometido. O pai tem um papel muito importante a desempenhar.” Ela explicou que o relacionamento dos pais “afeta o equilíbrio químico e hormonal do corpo da mãe, que por sua vez afeta o desenvolvimento cerebral da criança”.

O “Relógio do Juízo Final” é adiantado


O Relógio do Juízo Final, criado pela revista Bulletin of Atomic Scientists (BAS) para ilustrar como a humanidade está próxima de um desastre nuclear, foi adiantado em dois minutos e agora marca 5 minutos para a meia-noite — “hora simbólica do fim da civilização humana”. Nos seus 60 anos de história, o relógio só foi acertado 18 vezes. A última foi em fevereiro de 2002, após o ataque ao World Trade Center em Nova York. O fato de as armas nucleares continuarem a existir e a serem desenvolvidas, bem como a incapacidade de tornar os materiais nucleares seguros, indica “o fracasso em resolver os problemas causados pela tecnologia mais destrutiva na Terra”, declarou a BAS. A revista acrescentou que “as mudanças climáticas são uma ameaça quase tão terrível quanto as armas nucleares”.

Mais prejuízo do que benefício


Alguns anos atrás, políticos e ambientalistas holandeses pensaram ter descoberto a chave para obter energia sustentável: usar geradores à base de biocombustível, em especial o azeite de dendê. As esperanças deles tornaram-se “um pesadelo ambiental”, diz o jornal The New York Times. “O aumento na demanda de azeite de dendê na Europa provocou a derrubada de enormes áreas de floresta pluvial no sudeste asiático, bem como o uso excessivo de fertilizantes químicos nessas áreas.” A fim de abrir espaço para as plantações, foi necessário drenar e queimar turfeiras, liberando “quantidades enormes” de gás carbônico na atmosfera. Segundo o jornal, por causa disso, em pouco tempo a Indonésia se tornou “o terceiro maior produtor de emissões de gás carbônico do mundo, consideradas pelos cientistas como responsáveis pelo aquecimento global”.


▪ “Na Grã-Bretanha, uma criança de 6 anos terá passado um ano inteiro vendo televisão, e mais da metade das crianças de 3 anos tem uma TV no quarto.” — THE INDEPENDENT, GRÃ-BRETANHA.
▪ Na China, 31,4% das pessoas com mais de 16 anos entrevistadas numa pesquisa disseram ser religiosas. Se isso reflete a realidade nacional, esse índice pode indicar que “cerca de 300 milhões de pessoas são religiosas . . . um contraste e tanto com o número oficial de 100 milhões”. — CHINA DAILY, CHINA.

terça-feira, 15 de junho de 2010

À Beira da Guerra Nuclear



Há trinta anos o mundo ficou à beira da guerra nuclear, segundo informações reveladas em janeiro por um militar soviético de alto escalão, numa conferência a portas fechadas, em Havana. Durante a crise cubana de mísseis, de 1962, Cuba tinha armas nucleares com ogivas que equivaliam a entre 6 mil e 12 mil toneladas de TNT. A União Soviética enviara mísseis com ogivas nucleares para Cuba e autorizara seu uso em caso de ataque militar americano à ilha. Segundo o jornal The New York Times, Robert S. McNamara, Secretário de Defesa dos EUA, no governo do Presidente John F. Kennedy, indicou na reunião que não havia dúvida de que “Kennedy teria ordenado a retaliação nuclear contra Cuba — e talvez contra a União Soviética — se as forças americanas tivessem sido atacadas com armas nucleares”. O mundo respirou aliviado quando os soviéticos concordaram em retirar os mísseis de alcance intermediário. Em retrospecto, Philip Brenner, professor da Universidade Americana e participante da conferência, comentou: “Chegamos mais perto da guerra nuclear do que jamais imaginado.”

Amamentação ao Peito e AIDS



“O leite materno poderá em breve tornar-se o principal assassino de crianças no terceiro mundo”, adverte a revista Time International. Mais uma vez, a culpa é da AIDS. Segundo uma pesquisa limitada feita na África central e publicada na revista New England Journal of Medicine, 8 dos 15 bebês que contraíram AIDS durante o estudo foram infectados no seio da mãe. Se esta pesquisa for confirmada, as autoridades sanitárias se confrontarão com um dilema: promover a amamentação com mamadeira, que em condições anti-higiênicas aumenta a mortalidade infantil em 500 por cento, ou continuar incentivando a amamentação ao peito, com o risco de transmissão do vírus da AIDS? O Dr. Jean Mayer, especialista em nutrição, lamentou: “Não existe uma boa solução . . . É uma catástrofe de primeira ordem.”

“Assassinos de Bebês”



Doenças respiratórias, como bronquite e pneumonia (mesmo quando causadas por doenças mais simples como o resfriado comum), são os “assassinos número um de crianças com menos de cinco anos”, revelam estatísticas das Nações Unidas. “Oito crianças morrem por minuto devido a essas doenças, o que perfaz o total de quatro milhões de bebês mortos anualmente”, noticia o suplemento semanal Corriere salute. A solução? Segundo os especialistas, “o uso precoce de antibióticos, e, além disso, fortalecer as defesas da criança, melhorar sua alimentação e difundir a vacinação”.

Em Busca de Uma Nova Ordem Mundial



Pela primeira vez em mais de 40 anos, as Nações Unidas estão sendo revigoradas como instrumento de segurança coletiva. Em 31 de janeiro, a Cidade de Nova Iorque foi o cenário duma reunião histórica dos altos e poderosos e dos pequenos e pobres, à medida que chefes de Estado abriam a primeira reunião de cúpula do Conselho de Segurança da ONU. Esta assembléia ímpar, de um só dia, do Conselho de Segurança, visava a busca do que os líderes mundiais têm chamado de nova ordem mundial para substituir os perigos das confrontações da Guerra Fria. O primeiro-ministro britânico John Major chamou a reunião de cúpula de “momento decisivo para o mundo e para as Nações Unidas”. Os líderes mundiais querem aumentar a capacidade da ONU de manter a paz. Assim, a declaração da reunião de cúpula reza: “Os membros do Conselho concordam que o mundo tem agora a melhor oportunidade de alcançar paz e segurança internacionais desde a fundação das Nações Unidas.”

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Descritivo Demais



Brandon Brooks, um apresentador-redator de TV, permitiu que a polícia utilizasse sua casa, de modo que os telespectadores pudessem ver os aparelhos anti-roubo que poderiam iludir os ladrões. Na semana seguinte, enquanto ele apresentava seu noticiário noturno, ladrões penetraram em sua casa e levaram várias coisas, inclusive móveis, uma TV, e um gravador de videoteipe. Os investigadores de polícia acreditam que os ladrões usaram tal apresentação de TV para mapear a casa dele e desviar-se dos aparelhos.

Vândalos da Informática



“Nova raça de vândalos, trabalhando dentro de ampla rede de ‘boletins de informação’ da informática, está inventando programas de software sofisticados que apagam ou embaralham os arquivos de computadores de usuários insuspeitos”, afirma o jornal The New York Times. “Presumo que as pessoas que inventam tais coisas sentem prazer em destruir o trabalho dos outros”, afirma o consultor de informática, Ross M. Greenberg. Alguns dos programas são tão sofisticados que podem operar como programas legítimos durante meses, daí, subitamente, realizam seu trabalho destrutivo.

Sem-Teto em Toda a Parte



Uma de cada quatro pessoas no mundo vive sem-teto ou mora em “condições miseráveis e insalubres”. Uma investigação feita pelas Nações Unidas revelou que, pelo menos 100 milhões de pessoas têm de dormir nas ruas, debaixo de pontes, nas entradas de prédios, ou em propriedades desabitadas. Vinte por cento de tais pessoas são adolescentes na América Latina. Nas cidades africanas, até 80 por cento de todos os cidadãos moram em favelas. Os Estados Unidos possuem 2,5 milhões de pessoas sem-teto, e, na Grã-Bretanha, o total é de cerca de 250.000 pessoas.

O Ponto em Comum do Câncer



Depois de repassar as descobertas apresentadas no 14.° Congresso Internacional do Câncer, realizado no ano passado em Budapeste, Hungria, o escritor de assuntos científicos da revista Voice, Laszlo Dosa, comenta: “O único ponto em comum no quadro mundial do câncer é o fato inegável que o fumo é a maior causa evitável de câncer, em toda a parte”. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o fumo provoca 90 por cento de todos os cânceres pulmonares. Além disso, cerca da metade de todos os afligidos de câncer renal já são fumantes inveterados há muito tempo. Alguns países já adotaram medidas para controlar o fumo. O governo do Egito, observa Voice, insta agora com os líderes religiosos, os médicos, os professores, e o pessoal das forças armadas, a parar de fumar, e, assim, “dar exemplo para o resto da população”. Esforços similares de controlar o fumo estão sendo feitos em outros países do Oriente Médio. É boa a reação das pessoas? As notícias indicam que o consumo de cigarros aumentou!

Sutura Magnética



Cirurgiões soviéticos já realizaram mais de cem operações utilizando ímãs, em vez de pontos, informa a revista Sputnik. Suturaram-se os intestinos pelo uso de “dois finos anéis magnéticos, com o diâmetro equivalente ao do tubo intestinal”. Cada um é inserido em uma das terminações separadas. “Os ímãs ‘colam’ seguramente os intestinos, formando um selo hermético que sara muito mais rápido do que um suturado com pontos”, afirma Sputnik. O novo método foi inventado para reduzir as complicações pós-cirúrgicas causadas pelos pontos que não fecham bem, e os danos adicionais aos tecidos, causados pela agulha. Os anéis magnéticos são deixados no lugar e, afirma-se, não causam nenhuma obstrução nem danos.

Sombrias Estatísticas



Cerca de 350.000 americanos morrerão este ano devido ao fumo de cigarros, afirma a Associação Americana do Pulmão — ultrapassando o tributo conjunto de mortes causadas por acidentes de trânsito, suicídio, homicídio, alcoolismo, e tóxicos. De acordo com uma notícia publicada no New York Post, os cigarros provocam 17,2 por cento das mortes nos Estados Unidos, todo ano, “mais do que o total dos americanos mortos em batalha na II Guerra Mundial e no Vietnã”. Os custos também são elevados: US$ 23,3 bilhões por ano em tratamento médico, e cerca de US$ 30,4 bilhões por ano em horas de trabalho e em produtividade perdidas. O informe mostra que 31 por cento da população adulta é composta de fumantes de cigarros.

“Cola” Feita com Alta Tecnologia



“Colar” nos exames não é nada novo, mas a “cola” de alta tecnologia é agora possível graças a um novo relógio de pulso, capaz de estocar em sua memória até 500 palavras. Segundo o jornal The Australian, um professor disse: “O relógio nos poderia trazer grandes preocupações. Caso os professores não estivessem cônscios de sua existência, ou se os inspetores fossem relapsos, isso definitivamente comprometeria uma prova.” Os relógios de fabricação japonesa são vendidos por 230 dólares australianos e foram feitos para ajudar as pessoas ocupadas a lembrar-se de importantes compromissos, e assim por diante. O que pensam deles os estudantes? Um deles, com 16 anos, disse: “Seria ótimo se os professores não ficassem sabendo dele.”

Desmascarados os Adivinhos



Os astrólogos que afirmam poder analisar o caráter de uma pessoa e predizer o rumo de sua vida por apenas ler as estrelas estão tapeando o público e eles próprios, afirma Shawn Carlson, pesquisador do Laboratório Lawrence Berkeley, da Universidade da Califórnia, EUA. Num estudo cuidadosamente controlado objetivando especificamente testar o que os astrólogos afirmam poder fazer, o cientista verificou que os astrólogos não tinham nenhuma habilidade especial de interpretar a personalidade simplesmente à base de leituras astrológicas. “É mais provável que, ao se sentarem face a face com um cliente, os astrólogos leiam as necessidades, as esperanças e as dúvidas dos clientes pela linguagem corpórea”, disse Carlson.

Recorde de Suicídios



Na Finlândia, o número de pessoas que se suicidam é o dobro das que morrem em acidentes de trânsito. De acordo com as mais recentes estatísticas disponíveis, 1984 provou ser o ano recorde de suicídios, com o total de 1.231 pessoas que tiraram a vida. Desse total, cerca de 80 por cento eram homens. O que é ainda mais grave é o aumento no número de jovens que cometem suicídio. Verificou-se que cerca de 45 por cento de todas as mortes havidas entre pessoas de 20 a 24 anos foram causadas por suicídio. Informou-se que uma criança de dez anos foi a mais jovem vítima de suicídio da Finlândia, em 1984.

Corações Solitários



Achar uma noiva no Japão está se tornando mais difícil. Qual a razão? Há mais rapazes do que moças. Além disso, as jovens nipônicas “liberadas” não têm pressa alguma em casar-se, nem estão ansiosas de enquadrar-se nos padrões tradicionais quando realmente se casam. Os rapazes do interior são os mais atingidos. Não conseguindo achar jovens japonesas que se disponham a trabalhar junto com eles, os filhos de lavradores recentemente descobriram que moças de outros países asiáticos podem ser companheiras deleitosas. Os rapazes da cidade, contudo, tentam um diferente jeitinho de ganhar o coração das moças. De acordo com o jornal Asahi Evening News, os elegantes rapazes de Tóquio estão gastando, em média, uns cem dólares por mês com cosméticos para impressionar suas namoradas. Tais esforços, contudo, nem sempre obtêm êxito. Uma universitária de 22 anos, em Tóquio, queixou-se da irritação que ela e suas amigas sentem quando “têm de ficar esperando . . . os homens, enquanto eles aplicam coisas tais como limpeza facial, loções leitosas e fixadores para o cabelo”.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Efeitos Colaterais da Esterilização



◆ Recentemente, uma médica da Universidade da Carolina do Norte, EUA, relatou que um quarto das mulheres esterilizadas por métodos que cauterizam ou amarram as trompas de Falópio, sofrem efeitos colaterais. Estes incluem dor e sangramento. Em seu estudo do assunto, Ewa Radwanska, professora-adjunta de obstetrícia e ginecologia, verificou que as mulheres esterilizadas possuem alta incidência de níveis hormonais anormais. O efeito amiúde pode ser um ciclo menstrual irregular, com longos períodos de sangramento. Poucas pacientes e médicos, indicou ela, aparentemente consideram o assunto dos efeitos colaterais antes de efetuar a esterilização: “Não acho que as mulheres em geral sejam informadas dos efeitos posteriores negativos, que podem surgir até mesmo um ano ou mais depois da cirurgia, e muitos médicos não levam a sério os efeitos colaterais que as mulheres esterilizadas relatam.”

Similarmente, o Dr. Niels Lauersen escreve em Medical World News (Notícias Médicas Mundiais) que “as mulheres esterilizadas possuem um risco superior ao médio de sangramento menstrual irregular, freqüentemente acompanhado de dor. Envolta num emaranhado de problemas, a mulher poderá acabar sofrendo uma histerectomia desnecessária”. Ele também relata que os médicos encontram “um amplo número” de pacientes esterilizadas que se arrependem desse passo.

Quanto às vasectomias, o Dr. Lauersen relata que certo estudo científico indica que os homens que sofrem tal operação podem aumentar seu risco de sofrer um ataque cardíaco. Depois da esterilização, o espermatozóide masculino, privado de seu escape normal, penetra na corrente sangüínea. Ali aparentemente provoca uma reação, resultando na produção de anticorpos. Estes, por sua vez, parecem acelerar o processo da arteriosclerose, ou endurecimento das artérias, que pode levar a um ataque de apoplexia ou a um ataque cardíaco. “Não aconselharia a qualquer de meus amigos a fazer uma vasectomia”, afirma ele, “até que seja demonstrado que tal operação não aumenta a incidência dos ataques cardíacos”.

terça-feira, 1 de junho de 2010

Assaltos à Base da AIDS

Dois australianos, cada um num incidente distinto, estavam envolvidos em assaltos similares, utilizando como arma uma seringa. Afirmando estarem com AIDS, estes homens pelo visto ameaçaram injetar suas vítimas com o sangue portador daquele vírus mortífero, caso não lhes fosse entregue o dinheiro que exigiam. Alarmado com a possibilidade de um surto de futuros assaltos à base de AIDS, um porta-voz da polícia explicou: “De muitos modos, isto é mais eficaz do que se usar um revólver, uma vez que as pessoas estão assustadas com a forma lenta de morte causada pelo vírus da AIDS.” Acrescentou então: “É uma forma doentia de se aproveitar duma doença mortífera.”

Colisões Evitadas por Pouco

 Administração Federal de Aviação dos EUA citou um número recorde de 777 casos em que aeronaves quase colidiram em pleno ar, no ano passado. Este total era 31,9 por cento superior ao de incidentes comunicados em 1984. Outras 24 quase-colisões ocorreram no solo. Parte do aumento se devia a um novo e mais exato sistema de comunicação destes fatos, disse a agência. Quase-colisões são definidas como incidentes em que há um risco devido a que as aeronaves ficam menos de 150 metros uma da outra, ou quando um piloto comunica que isto se dá. A maior parte, 518 casos, envolvia aeronaves militares, ou aviões particulares. Houve 35 casos que envolviam dois aviões de passageiros de linhas regulares, 205 casos que envolviam um avião de passageiros e uma aeronave particular ou militar, e 19 incidentes não-definidos.

Vôo Surpreendente

Os petréis-de-cauda-curta, ou mutton birds [aves carneiros], são viajantes de longo percurso. Em 1949, selecionaram-se algumas destas aves, que foram marcadas com argolinha. Uma das aves que recebeu nova argola em novembro de 1985, foi primeiramente marcada com argola em 1950, indicando que tinha então mais de 35 anos! A avezinha ainda punha ovos, e ainda percorria seu trecho migratório anual. A rota anual de migração partia da Tasmânia, ao largo da ponta sudeste da Austrália até o mar de Bering, ao norte do Japão. As 35 viagens migratórias de ida e volta, feitas pela ave, totalizam mais de 1.050.000 quilômetros. Comparando-se isto a uma viagem máxima de ida e volta à lua, de 813.400 quilômetros, nossa amiguinha alada pelo visto voou muito mais que os astronautas!

Espécies Desconhecidas

Uma espécie de papagaio até então não-identificada, que vive numa floresta montanhosa do Equador, foi recentemente descoberta por um ornitólogo da Academia de Ciências Naturais da Filadélfia, noticia The New York Times. Esta avezinha recém-descoberta tem cor predominantemente verde, com manchas vermelhas e azuis nas asas. Sobre a cabeça possui uma coroa nitidamente vermelha e uma cauda marrom. Até sua descoberta, a maioria dos ornitólogos criam que todas as espécies de papagaios das Américas já tinham sido descobertas e classificadas. A última descoberta de uma espécie desconhecida de papagaios deu-se em 1914, afirmam os dirigentes dos museus. Nenhum nome, por enquanto, foi dado ao papagaio não-falante.

Curativo de Algas Marinhas

Por centenas de anos, os marujos utilizam algas marinhas para enfaixar ferimentos. Suas propriedades curativas demonstraram ser tão eficazes que muitos as denominaram de “cura do marujo”. De acordo com The Weekend Australian, os cientistas desenvolveram agora um meio de transformar as algas marinhas marrons em fibras que podem ser usadas para enfaixar cortes e outros ferimentos. Afirmam existir muitas vantagens neste curativo. Ele forma um gel protetor que mantém a ferida úmida durante o processo de cura. Pode-se deixar o curativo por longo tempo. Com efeito, na maioria dos casos, só precisa ser removido quando a crosta que se forma sobre a ferida já está para cair. Caso se exijam constantes mudanças de curativos, o gel protetor impede que haja qualquer dano ao tecido em processo curativo. A alga marinha também atua rapidamente no controle do sangramento, e poderia ser muito útil aos hospitais, quando ministram tratamentos de emergência.

Fertilizante Natural

O ácido nítrico, produzido pelo relâmpago, ajuda a aumentar mais a produção do que os fertilizantes regulares, concluíram alguns cientistas do Instituto de Geologia, de Geofísica e de Matérias-Primas Minerais, em Novosibirsk, URSS. Em um teste, os pesquisadores cultivaram dois lotes de tomates, um deles fertilizado da forma normal, e o outro regado com uma fraca solução de ácido nítrico, equivalente à quantidade encontrada na chuva acompanhada de trovoadas. Ao comparar a produção, o que descobriram? Colheram até 50 por cento mais tomates do lote tratado com ácido nítrico. O cultivo de aveia, de trigo e de pepinos desta forma obteve similar êxito. “As melhores colheitas”, noticia o jornal The Times, de Londres, “provieram de solos que jamais tinham sido fertilizados”.

Camelos Para o Marrocos

Recentes secas no Marrocos quase que dizimaram as reservas de camelos, forçando o governo a reforçar seu estoque reduzido. Surpreendentemente, abundantes reservas os aguardam no árido interior da Austrália. Por que na Austrália? Na década de 1860, introduziram-se camelos da Índia na Austrália Meridional, por se adaptarem apropriadamente ao clima e ao solo da região. Embora fossem muitíssimo úteis no desenvolvimento inicial do duro sertão australiano, estes “navios do deserto” foram abandonados com o desenvolvimento do transporte motorizado. Por fim, muitos foram soltos nas áreas interioranas e se multiplicaram aos milhares, nas condições áridas ideais da Austrália central. The Sydney Morning Herald Magazine afirma que o governo do Marrocos tem planos de comprar 2.000 camelos por ano, nos próximos cinco anos. A venda dos camelos fornecerá uma fonte de renda para a comunidade aborígine que, na atualidade, é quase que inteiramente sustentada pelo Governo australiano.

“Superporco” Australiano

Cientistas australianos produziram “superporcos” por implantarem, em embriões de porcos, material genético do ADN que realmente controla o seu crescimento. Embora tenham tamanho normal, os porcos crescem pelo menos 20 por cento mais rápido e produzem mais carne e menos gordura. Os cientistas afirmam que este grande avanço genético dará ao gado certas características que os criadores têm tentado obter durante séculos, por cruzamento seletivo, observa o jornal The Weekend Australian. A vantagem sobre o cruzamento seletivo natural, apontam eles, é que isto os habilita a introduzir características desejáveis num animal, sem que transfiram para os descendentes “genes imprestáveis desconhecidos”. O êxito que eles obtiveram com porcos, pelo cruzamento genético, suscitou futuras esperanças de obter-se gado resistente a moléstias, vacas que produzem mais leite, e ovelhas cuja lã cresce mais depressa. Os cientistas acreditam serem infindáveis as possibilidades.

Ais da Fome

Altos funcionários das Nações Unidas classificaram Moçambique como o terceiro país mais faminto da África. Calculou-se que a produção local de grãos em 1986 seria 10 por cento inferior à necessária para alimentar os 13 milhões de habitantes daquela nação. Uma seca, que já persiste por quatro anos, é citada como uma das principais causas do problema. No entanto, a causa principal da fome em Moçambique é a guerra civil que devasta o país nos últimos dez anos, causando transtornos aos transportes e até às reservas de água. Os altos funcionários afirmam que cinco milhões de habitantes daquele país correm “o perigo imediato de morrer de fome”.