produtos forever - a base de aloe vera mais saúde em sua mesa. visite no endereço:

http://www.toni-forever.blogspot.com

sábado, 10 de abril de 2010

Desconsiderados os Direitos do Paciente

● Após ter sido seriamente ferido num acidente automobilístico, o sul-africano William Dyson, 51 anos, recusou duas vezes transfusões de sangue à base de fundamentos religiosos. Sua família concordou. Contudo, foi-lhe imposta uma transfusão de sangue com ordem judicial. Nem todas as autoridades médicas, porém, concordaram com o tribunal ou com a ação do hospital. O dr. D. J. L. van Rooy, médico superintendente do Hospital Vereeniging, declarou: “Uma pessoa mentalmente sã tem o direito de recusar qualquer tratamento médico com o qual não concorde . . . O hospital sempre deve respeitar os sentimentos e as condições do paciente.” O jornal The Rand Daily Mail, de Joannesburg, concordou. Sob a manchete “Médicos Violaram os Direitos do Paciente”, o artigo afirmou: “Salvar vidas e aliviar a dor pode ser a única intenção dos médicos, mas isso não lhes confere o direito de destruir os valores pelos quais um homem vive, e pelos quais está preparado para morrer, no processo.” As Testemunhas de Jeová recusam-se a receber transfusões de sangue porque acreditam que a lei de Deus de ‘abster-se de sangue’ significa exatamente isso. Aceitarão tratamento médico alternativo. — Atos 15:29.

Nenhum comentário: