produtos forever - a base de aloe vera mais saúde em sua mesa. visite no endereço:

http://www.toni-forever.blogspot.com

domingo, 16 de maio de 2010

Perdão póstumo para “bruxas”?

Em 1994, o papa convocou a Igreja Católica Romana a ‘examinar sua consciência histórica’. Um resultado foi a formação de uma comissão católica na República Tcheca, a primeira desse tipo, para analisar se se deve perdoar centenas de pessoas queimadas vivas como bruxas. Em resultado da caça às bruxas aprovada pela Igreja, entre os séculos 12 e 18 milhares de pessoas na Europa morreram na fogueira ou por torturas. Depois que o Papa Inocêncio VIII publicou um edito sobre bruxaria, em 1484, a caça às bruxas se intensificou. Usavam-se mais de 30 métodos de tortura para identificar os supostos bruxos. Nem crianças pequenas foram poupadas nos esforços de arrancar evidências contra seus pais. A Alemanha queimou o maior número de bruxas, mas esses julgamentos eram comuns também na França e na Grã-Bretanha. A Igreja talvez pense em desculpas póstumas, diz o jornal The Sunday Telegraph, de Londres.

Nenhum comentário: